Accueil
Aimé CESAIRE
Frantz FANON
Paulette NARDAL
René MENIL
Edouard GLISSANT
Suzanne CESAIRE
Jean BERNABE
Guy CABORT MASSON
Vincent PLACOLY
Derek WALCOTT
Price MARS
Jacques ROUMAIN
Guy TIROLIEN
Jacques-Stephen ALEXIS
Sonny RUPAIRE
Georges GRATIANT
Marie VIEUX-CHAUVET
Léon-Gontran DAMAS
Firmin ANTENOR
Edouard Jacques MAUNICK
Saint-John PERSE
Maximilien LAROCHE
Aude-Emmanuelle HOAREAU
Georges MAUVOIS
Marcel MANVILLE
Daniel HONORE
Alain ANSELIN
Jacques COURSIL

'Brasil tem que abraçar todas as religiões', diz Haddad ao criticar Bolsonaro

'Brasil tem que abraçar todas as religiões', diz Haddad ao criticar Bolsonaro

Candidato petista ataca 'mentiras' de rival sobre religiosidade e faz aceno a FH

SÃO PAULO — O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad , disse neste domingo, em São Paulo, que o estado brasileiro "não pode ter uma religião, tem que abraçar todas as religiões ". Haddad falou aos jornalistas após um encontro com entidades representativas de pessoas com deficiência, no Centro da capital paulista.

—  Vejo com preocupação, quando uma igreja tem um projeto de poder que, inclusive, está descrito em livros —  disse o candidato petista, em referência ao bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, que declarou apoio ao candidato do PSL, Jair Bolsonaro, e complementou:

— É importante manter o Estado brasileiro aberto a todas as religiões. 

Haddad também atacou Bolsonaro por espalhar "mentiras" na internet sobre sua religiosidade. E incluiu a imprensa no desabafo: 

— Não entendo por que razão a imprensa não está denunciando isso.

O petista também comentou a neutralidade do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", publicada neste domingo, FH disse existir um muro entre ele e Bolsonaro, e que, por enquanto, havia uma porta a ser aberta na direção de Haddad.